CAPACITAÇÃO PARA INOVAÇÃO

Em junho de 2017 foi inagurado no Fórum Ministro Pedro Lessa, o Laboratório de Inovação do Tribunal Regional Federal 3ª Região, uma iniciativa liderada pelos juízes diretores do foro, Dra. Luciana Zanoni e Dr. Paulo Neves.

 

Para compor a equipe participante do curso de Capacitação para Inovação, estiveram presentes juízes federais e servidores de várias áreas do Tribunal. A vantagem de ter um time de inovação (iTeam) diversificado é obter visões e gerar ideias diferentes, que podem se complementar ao longo do processo, fazendo com que o resultado final seja um projeto mais completo e rico em detalhes e informações.

O curso foi dividido em duas etapas:

 

1. iTeam: introdução ao Design Thinking e Abordagens Colaborativas

2. Curso de Gestão para Laboratórios de Inovação

DESIGN ESTRATÉGICO
 

E METODOLOGIAS COLABORATIVAS

A Justiça Federal está passando por um processo de digitalização que visa reduzir a burocracia e o tempo de tramitação dos autos, aumentando o índice de julgamentos realizados e permitindo que o acompanhamento do andamento de todos os processos seja feito pela internet.

Estes e outros benefícios são um grande passo na modernização do judiciário, que entra agora em uma nova fase.

Com essas mudanças, realizar uma reestruturação tornou-se imperativo. Para encontrar a melhor solução para este desafio, criamos o curso de Design Estratégico e Metodologias Colaborativas.

Concluímos 40 horas de curso com juízes federais e servidores de diversas áreas do TRF da 3ª região, conduzindo-os através de facilitações, ferramentas e técnicas, com objetivo de produzir uma proposta de inovação a ser testada, aprovada e implantada.

 

Durante a capacitação, os participantes foram introduzidos a conceitos como organizações exponenciais, design centrado no usuário, empatia, geração de ideias, cocriação, entre outros. Foram formadas duas equipes que realizaram todo o processo de Design Thinking, desde definição de público-alvo e stakeholders, até prototipação, teste e cocriação com usuários.

Os encontros aconteceram no iJuspLab, Laboratório de Inovação da Justiça Federal de São Paulo e foram facilitados por Alvaro Gregorio, Gabriela Dourado, da iLABS Services em parceria com André Tamura e Gabriela Flores, da WeGov.